segunda-feira, 24 de julho de 2017

A invisuabilidade humana

                                             No art.5 da CF/88, diz, que todos temos direito básicos, embora tem sido negado ou omitido por entidades  publicas, lideres em grande escala no Brasil, parece-me que é mais fácil omitir o direito de alguém ao atendimento medico e ter uma aposentadoria digna para aquele que trabalhou durante a mais de três décadas, e o que dependente do SUS, ter uma receita medica para o seu uso de medicamentos de uso continuo será suspenso e até fechar as farmácias populares.
Pense uma situação de um chefe de família que esta desempregado, já enviou vários curriculuns, este não pode ficar sentado esperando que alguém traga uma cesta básica  ou viva se lamentando, queridos as contas não param de chegar principalmente a contas fixas:  alimentação; energia; água; gás; telefone, e os moram em casa de aluguel, como pagar o aluguel?
Esta realidade de mais de milhares de seres humanos espelhada no mundo e principalmente em meio a crise de desemprego também no Brasil, na adversidade da vida precisamos levantar a cabeça e continuar a caminhada, agora como você reage as invisibilidade humana, você é capaz de vê alguém que precisa de ajuda e estende a mão ou empurra o sujeito no buraco, na maioria das vezes não é necessário dinheiro, mas apoio uma palavra de encorajamento, Você é mais que vencedor!
A adversidade é o cenário para você crescer como ser humano, a sua persistência diante da crise, qual a sua historia foi sempre de vitorias ou teve fracasso, feliz é o homem que passa pela provação, o ponto mais escuro, sem saber para onde ir, há uma luz, Jesus Cristo, o Príncipe da Paz, tenha a certeza do seu nome no livro da vida e receberá a coroa da vida, escolha hoje a ser doce e o fluir do Espirito Santo, persevere , não desista!!
Não desistir é transformar circunstancias  ao seu redor, baseado em Romanos 12:1,2.